Dia dos Namorados

Uma data muito famosa pelo mundo é o Dia dos Namorados. Apesar de não ser uma data comemorativa religiosa, há muita relação entre a Igreja Católica e a origem dessa comemoração. A comemoração no Brasil ocorre em 12 de junho, mas o restante do mundo comemora essa data em 14 de fevereiro, vejamos as motivações para essa divergência.

Origem do Dia dos Namorados

Uma prática muito comum nessa data é a troca de cartões postais e presentes especiais entre namorados/noivos/casados, que aproveitam para celebrar sua união. Viagens, jantares especiais, idas a motéis temáticos, todas essas e muitas outras formas de celebrar esse dia são bastante comuns. Nesta data, os casais também agradecem o companheirismo e a dedicação entre ambos durante o ano todo.

A data 12 de junho foi escolhida por ser véspera do Dia de Santo Antônio, dia 13, conhecido por ser um santo português casamenteiro.

Santo Antônio de Lisboa, ou Santo Antônio de Pádua, nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto, provavelmente entre os anos de 1191 e 1195 da era cristã. Santo Antônio é conhecido como protetor dos noivos e é considerado um santo casamenteiro. Há uma tradição em Lisboa de celebrar um casamento coletivo no dia 13 de junho, na própria Igreja onde Santo Antônio nasceu.

Há várias simpatias a serem realizadas no dia de Santo Antônio. Uma delas consiste em retirar o Menino Jesus que o santo carrega, prometendo devolvê-lo apenas depois que encontrar um marido. Outra é deixar a imagem do santo de ponta-cabeça para que o santo traga a pessoa certa, entre tantas outras simpatias.

A tradição brasileira do Dia dos Namorados como data comercial começou com João Agripino da Costa Doria Neto (1919 – 2000), publicitário, psicólogo, advogado, deputado federal brasileiro e pai do governador de São Paulo João Doria. A criação do Dia dos Namorados em data diferente da comemorada no exterior ocorreu quando João Doria era presidente de uma empresa publicitária que representava a Exposição Clíper, uma conceituada loja da década de 1940 em São Paulo.

Como o mês de junho, que não tinha nenhum feriado comercial, ele criou o slogan “não é só com beijos que se prova o amor”. A data escolhida foi 12 de junho, dia que antecede a comemoração de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Com isso a empresa conseguiu um prêmio de agência do ano.

O Dia dos Namorados e o Valentine’s Day

O Dia de São Valentim é comemorado todo dia 14 de fevereiro em diversos países, tais como Argentina, Espanha, Portugal, França, etc. Também conhecido como o Dia dos Namorados ou Valentine’s Day, esta é uma data especial celebrada por casais de várias partes do mundo.

O imperador Cláudio II (Marcus Aurelius Valerius Claudius Augustus), durante seu governo (entre 268 e 270 d.C.), proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. Se os jovens não tivessem família, ou esposa, iriam alistar-se sem maiores impedimentos. Contrariando a ordem imperial, Valentim de Roma continuou a celebrar casamentos em segredo.

São Valentim de Roma é um dos mártires da Igreja Católica, sendo morto em 14 de fevereiro de 270 d.C., curiosamente no mesmo ano da morte de Claudio II. O Dia de São Valentim não é celebrado celebrado no Brasil como uma festa dedicada aos namorados.

Interessante notar que valentine (“valantaine” – [valən’tīn]) em inglês significa “namorados(as)”, isso gera uma dupla interpretação do Valentine’s Day: (a) Dia de (São) Valentim e (b) Dia dos Namorados.

Curiosamente, no Japão, apenas as mulheres dão presentes. A entrega de presentes não se restringe apenas a namorados, mas amigos, familiares e colegas de trabalho também são presenteados. Chocolates são muito comuns, mas há outras opções que estão se tornando cada vez mais populares na ocasião.

Um mês depois do Valentine’s Day, no há o ホワイトデー (White Day). É a data em que os homens retribuem os presentes que receberam das mulheres. Assim como no Valentine’s Day japonês, o mais comum é presentear com chocolates. Os tipos de chocolates são os mesmos também, comprados dependendo de quem serão as pessoas presenteadas.

Existe um Dia do Solteiro?

O Dia do Solteiro é comemorado no dia 15 de agosto no Brasil e em 11 de novembro no restante do mundo. Por definição, uma pessoa solteira é alguém que ainda não casou ou se divorciou. Na prática, esse termo é empregado quando a pessoa não está namorando, noivando ou é casada. A legislação brasileira identifica cinco tipos diferentes de estado civil: Solteiro, Casado, Separado, Divorciado e Viúvo; namorando, noivo(a), enrolado(a), “tipo assim…”, “então..”, entre tantas outras, são definições de relacionamento populares.

Um comentário em “Dia dos Namorados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: