Adjunto Adverbial

No latim, ad quer dizer junto, então o Adjunto Adverbial seria o “junto junto junto do verbo”, ou seja, é uma palavra ou expressão que fica perto do Verbo, mas é totalmente diferente de Complemento Verbal. Usado para indicar uma circunstância dando ideia de tempo, lugar, modo, causa, finalidade, etc.

Adjunto Adverbial: tipos e características

Sabendo que a classificação do adjunto adverbial se relaciona com a circunstância por ele expressa, podem ser classificados como:

  • Acréscimo

Além da fadiga no corpo inteiro, sentia dor no braço.

  • Afirmação

Sim, realmente vou amanhã.

Eu irei com certeza.

  • Assunto

Falávamos sobre política. (de política, ou a respeito de política).

  • Causa

Com o calor, o poço secou.

Não comentamos nada por discrição.

O menor trabalha por necessidade.

  • Companhia

Fomos ao parque com sua irmã.

Com quem você saiu ontem?

Sempre estarei contigo.

  • Concessão

Apesar do estado precário do gramado, o jogo foi ótimo.

  • Condição

Sem minha autorização, você não passará pela portaria.

Sem erros, não há acertos.”

Sem dor, não há ganhos.

  • Conformidade

Fiz tudo conforme diz a Lei.

  • Dúvida

Talvez seja melhor não sairmos tarde.

Porventura, encontraram uma saída?

Quiçá acertemos da próxima vez.

  • Fim/finalidade

Ela vive para o amor.

Estudou para a prova.

Trabalho pra ao seu sustento.

Viajarei a negócios.

  • Frequência

Sempre aparecia de mãos vazias.

Marcavam reuniões todos os dias.

  • Instrumento

O corte deve ser feito com um estilete.

O guerreiro apontava com a espada.

  • Adjunto Adverbial de Intensidade

A atleta corria bastante.

O aparelho custa muito caro.

  • Limite

A menina andava correndo do quarto à sala.

  • Lugar

Nasci em Portugal.

Estou em casa.

Vivo nos Alpes.

Viajaram para o interior.

  • Matéria

Compunha-se de substâncias estranhas.

Parecia feito de aço.

  • Meio

Fomos de avião.

O pacote chegou de trem.

Enriqueceram mediante fraude.

  • Modo

Foi escolhido a dedo.

Fiquei à vontade.

Esperava tranquilamente a morte chegar.

  • Negação

Não há muitos erros nesse trabalho.

Não assinarei o contrato de maneira nenhuma.

“Se você demorar, eu não vou te procurar.”

  • Preço

“Marcela amou-me durante quinze meses e onze contos de réis”. (Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis)

As casas nesta região custam muito caro.

  • Substituição ou troca

Troquei o pão pelo bolo.

  • Tempo

O restaurante fecha às 18:30.

Faço aniversário em Janeiro.

Ontem à tarde encontrei uma velha na estrada.

O show começará a qualquer momento.

De vez em quando, vou à academia.

Ninguém confia nos políticos hoje em dia, no Brasil.

 

CUIDADO!!!!

Não se deve confundir Adjunto Adverbial com Complemento Circunstancial!

Se o verbo for intransitivo, mas há necessidade de um termo preposicionado que complemente seu significado, este será conhecido como Complemento Circunstancial (Rocha Lima, 1957). Diferente do Adjunto Adverbial, o Complemento Circunstancial é exigido pelo verbo sob risco de a ausência desse elemento prejudicar a compreensão da frase.

Exemplo:

Chegaram à cidade sãos e salvos.
Ficamos ao lado da igreja.
Voltou à terra natal.
O avião procede de Manaus.

Também temos que distinguir o Advérbio do Adjunto Adverbial. Advérbio é a classe gramatical de uma série de palavras, Adjunto é uma função sintática.

Outros Termos Acessórios

Adjunto Adnominal

Aposto

One thought to “Adjunto Adverbial”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.