O que é Papel Temático?

Muito frequentemente as análises dos componentes o racionais estão preocupadas com a função sintática que cada um pode desempenhar. Poucos se preocupam com as relações semânticas. Essa relação é denominada Papel Temático.

Papel temático: refere-se às funções semânticas dos sintagmas na sentença. Qualquer elemento que seja sujeito em determinadas condições terá uma relação particular com o restante da oração.

O foco da análise não está na função sintatica, mesmou que elas sirvam como suporte em algumas descrições.

Importância do Papel Temático

Em muitos casos, nem sempre o sujeito é o elemento mais importante da frase. Há casos em que o sujeito não executa nenhuma ação. Como lidar com um elemento com tais características?

A importância dessa classificação se dá quando apenas dizer que João é o Sujeito da frase “João amava Teresa”. Claramente não há uma ação sendo exercida nesse quadro. Esse Sujeito não faz nada, ele sente amor por alguém.

Dessa forma, apresento alguns papéis temáticos mais comuns.


Principais papéis temáticos

Agente

Aquele que faz/executa uma ação voluntariamente. Tipicamente atribuído a seres animados, especialmente humanos. Equivale ao Sujeito.

Exemplos:

Pedro cortou as cebolas.

O Presidente assinou o decreto.

Câmara aprova urgência para votar projeto.

Fonte

É uma entidade parecida com o Agente, mas não detém o controle da situação, embora sem a controlar. É atribuído a seres inanimados, geralmente fenômenos da Natureza.

Exemplos:

A chuva castiga as cidades do interior.

Marcos mora numa grande casa.

Experienciador

É o ente que sente algo, de modo físico ou psicológico. Geralmente atribuído a seres animados.

Exemplos:

Eu te amo.

Maria ouviu toda a conversa.

O marido adorava o vestido verde da esposa.

Locativo

Lugar espacial ocupado por algo ou alguém.

Exemplos:

Patrícia caiu num buraco.

O livro está sobre a mesa.

O porto de Santos é um dos mais importantes.

Alvo

Pessoa ou lugar para o qual se destina algo. Pode ser atribuído a seres humanos participantes de cenas de transferências, de objetos ou na comunicação linguística.

Exemplo:

O procolo deve ser encaminhado à Secretaria.

Amanhã vamos ao porto comprar peixes.

Toda tarde assisto ao pôr do Sol sozinho.

Tema

É  utilizado para designar pessoas ou coisas que mudam de lugar/de posse/de estado. Este papel é característico do ser que não controla nem experimenta nada, um paciente, propriamente dito.

Exemplos:

Comi algumas maçãs ontem.

O prato caiu da mesa.

A jovem abriu a porta com a chave.

Um papel temático pode ter mais de uma nomenclatura. Muitos outros nomes podem ser utilizados, pois essa não é uma lista fechada.

Outras classificações

Paciente; Instrumento; Meta; Objetivo; Alvo; Possuidor; Recipiente; Causador; Afetado.

Veja também:

Linguística

Análise Sintática: 3 termos importantes



Deixe uma resposta