Sufixo ismo

Há muitas palavras que são formadas com o sufixo ismo. Cristianismo, rotacismo, homossexualismo, bruxismo, hibridismo e alcoolismo têm uma coisa em comum, o sufixo ismo e, assim como o ista, algumas categorias compartilham o mesmo sufixo. Por exemplo, o sufixo -mente indica advérbio de modo, logo calmamente e paulatinamente têm em comum o fato de serem advérbios; cristianismo e judaísmo têm em comum o fato de se referirem a religiões, mas rotacismo e homossexualismo não têm nenhuma relação, mesmo compartilhando um mesmo sufixo.

Esse sufixo possui ao menos seis possibilidades de significado: Fenômeno Linguístico, Sistema Político, Religião, Doença, Esporte, Ideologia, entre outros. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o fato de ter um mesmo morfema não garante que haja uma mesma interpretação da palavra em si.

Do grego ismós, oû, de nomes de ação de verbos em -ízo (1a pessoa), equivalente no português a -izar (f. latinizante). No português, segundo o modelo helênico, portanto, erudito, vocábulos contendo o sufixo ismo formam nomes de agentes em -ista (< gr. -istés, oû). Os adjetivos referentes ao nome com sufixo ismo ou -ista são formados com -ico (< -ikós, é, ón), gerando formas em -ístico (qv.), tais como: budismo/budista/budístico; calvinismo/calvinista/calvinístico. ]




Os substantivos formados por esses processos têm relação com os formados com –ista (agentivo) e adjetivos terminados em –ístico. Ex.: Tabagismo – Tabagista – Tabagístico; Helenismo – Helenista – Helenístico, etc.

Veja também:

Sufixo aço em língua portuguesa

Sufixos eiro e ista nas palavas

Análise Sintática: 3 termos importantes

Tipos de palavras que utilizam o sufixo ismo

Fenômeno Linguístico:

Todo fenômeno escrito e/ou falado. Lambdacismo, Rotacismo, Dequeísmo, entre outros, são processos linguísticos em que há inserção de “l”, “r”, “de que”, etc, onde não é comum ocorrer conforme a norma culta padrão. Quem nunca ouviu um “céleblo”, “chicrete”, “falei de que precisamos ficar”? Palavras relacionadas: açorianismo, anglicismo, angolanismo, brasileirismo, galicismo, helenismo, latinismo, lusismo, regionalismo, tupinismo; lambdacismo (< gr.), rotacismo.

Sistema Político

Forma de governo predominante num Estado constituído e conjunto de instituições políticas. O sistema político permite a organização do poder sobre a sociedade. Essa organização permite, quando instituída práticas democráticas, a disputa pelo poder e o seu exercício por meio de instituições políticas, públicas e de interesse público. Palavras relacionadas: Petismo, Militarismo, Parlamentarismo, Comunismo (enquanto aplicação de governo), Absolutismo. autoritarismo, descentralismo, feudalismo, pluripartidarismo, presidencialismo; castrismo, chaguismo, fidelismo, franquismo, getulismo, lacerdismo, salazarismo;

Religião

Nos nomes Cristianismo, Islamismo, Budismo, se valem de uma dada característica da religião em questão para nomear a ordem. Por exemplo, a religião que compartilha os ideais de Cristo é chamada cristianismo, a que reflete os ensinamentos de Buda é denominada budismo, etc. Palavras relacionadas: budismo, catolicismo, espiritismo, islamismo, judaísmo (< lat. < gr.), metodismo, umbandismo.

Doenças

Frequentemente vemos palavras como bronquite, apendicite e meningite em que o sufixo -ite indica inflamação, o -ismo remete a doença baseada em comportamento como bruxismo que é o rilhar espasmódico e inconsciente dos dentes (especialmente em situações de tensão ou durante o sono). Palavras relacionadas: alcoolismo, tabagismo, acefalismo, atimismo, favismo, linfatismo (< fr.), menierismo, parkinsonismo, raquitismo, reumatismo, sonambulismo (< fr.);

Esportes

De modo geral também carregam esse sufixo como ciclismo, futebolismo, atletismo, etc. Estas palavras informam a prática de uma dada modalidade de desporto.  aeromodelismo, atletismo, ciclismo, iatismo, pugilismo, skatismo/esqueitismo;

Movimentos Ideológicos

Temos as palavras Fordismo, Mercantilismo, Homossexualismo, Heterossexualismo, Cubismo, Romantismo, Iluminismo, Revanchismo, Ceticismo, Anarquismo, Feminismo, Machismo… por vezes os processos ideológicos se confundem com outros processos; o Socialismo pode ser associado ao modelo de vida idealizado por Marx e o Comunismo também, mas mais conhecido não só como um processo ideológico como também modelo político-econômico adotado por países como Rússia, Cuba e China. Movimentos artísticos como Romantismo, Arcadismo, Cubismo, Dadaísmo, Modernismo, etc. não refletem apenas uma nova forma de fazer arte e sim uma nova forma de ver o mundo.

ATENÇÃO!!!!

Homossexualismo pode ter sido usado como doença por desvio de personalidade, mas até mesmo a OMS já reconheceu que não é. Manter esta palavra pode causar um desconforto não por ela em si, mas por sua aplicação no passado. Se antes Homossexualismo era entendido como doença, hoje é entendido como posicionamento em relação à orientação sexual (mais próximo de “ideologia”); “já que a grafia com o sufixo ismo lembra opressão, vamos mudar a grafia para Homossexualidade e acabamos com o problema”.

O problema não está nas palavras e, sim, em que cada ambiente aceitar ou não a aplicação da mesma.

Outras aplicações

a) ‘escola, técnica, pensamento ou movimento artísticos’: cubismo, expressionismo, fovismo, futurismo, impressionismo, modernismo, romantismo, simbolismo, surrealismo (< fr.).

b) ‘ caráter ou qualidade de um povo, ou as características ou costumes que lhes são próprios’; ‘ o sentimento de amor desse povo à sua pátria ou região (cidade, estado etc.)’; ‘ o conjunto dos indivíduos dessa nação, região, cidade etc.’: americanismo, baianismo, britanismo, espanholismo, mineirismo;

c) ‘ comportamento, procedimento ou ação de (aquele a que se refere o rad. da palavra original [terminada ou não em -ista])’: acacianismo, aristocratismo, arrivista, banditismo (< it.), carolismo, chaleirismo, companheirismo, fanatismo (< fr.), heroísmo, inconformismo, machismo, mau-caratismo, radicalismo, vandalismo, vedetismo;

d) ‘ comportamento, condição, opção ou preferência sexual de’: bissexualismo, homossexualismo, lesbianismo;

e) ‘dada ação ou comportamento que constitui proteção (ou favoritismo)’: aciolismo, afilhadismo, clientelismo, favoritismo, nepotismo, paternalismo;

f) ‘ ato ou prática de’: terrorismo;

g) ‘ qualidade, estado, característica ou condição de’: analfabetismo, automatismo, barbarismo, celibatarismo, irrealismo, laicismo, mutismo, naturalismo, realismo;

h) ‘ dada propriedade’: acromatismo, actinismo, antiferromagnetismo, aplanetismo, autotrofismo, ferromagnetismo;

i) ‘ sentimento ou estado de espírito de (indivíduo com dada qualidade)’: ceticismo, indiferentismo, macambuzismo, nervosismo, saudosismo;

j) ‘ amor (exacerbado ou não) ou devoção a’: chauvinismo, humanitarismo, narcisismo, patriotismo, tradicionalismo

Você pode conferir como consta essa entrada no dicionário em Sufixo ismo

Veja também:

GRAMÁTICA

TRABALHOS ACADÊMICOS

LÍNGUAS




Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Joyce Farias disse:

    queridos, a palavra correta é homossexualiDADE, e não homossexualismo. não prestem esse desserviço.

    • Paulo G. Cerqueira disse:

      Joyce, tudo bem?
      Perto do final deste artigo, eu deixo uma explicação sobre o termo “homossexualismo” na minha visão. Este artigo trata de “ismo”, a palavra “homossexualidade” segue o mesmo processo de formação, sufixal, mas utiliza outro sufixo, “dade”. Pode ser que não tenha ficado claro, mas eu não disse que “homossexualidade” estava errado e que “homossexualismo” é a forma correta. Repare que eu também registrei “heterossexualismo” na mesma categoria que “homossexualismo”, Movimentos Ideológicos. Também não disse que “homossexualismo” é doença.
      Eu sei que a forma com “ismo” tem toda uma história, mas a aplicabilidade da palavra, baseada na sua morfologia, é possível (não digo que seja obrigatória).
      Vou preparar um artigo sobre o “dade”.

      Muito obrigado pelo comentário. Espero que este e os demais artigos tenham ajudado.
      Caso tenha alguma outra dúvida, pode comentar que responderei no que for possível.

  2. Renato Maciel disse:

    Olá boa noite, eu gostaria de saber quais as fontes bibliográficas que foi usada para produzir este texto, se tem como me passar por gentileza em especial sobre o sufixo -ismo meu email e renato-vidacristam@hotmail.com

    • Paulo G. Cerqueira disse:

      Oi, Renato. Enviei para o seu e-mail como solicitado. Você vai perceber que é uma leitura e reflexões dos significados constantes nos dicionários. Poderia ter utilizado outro dicionário, mas o resultado seria muito parecido.

      Muito obrigado pelo comentário. Espero que este e os demais artigos tenham ajudado. Caso tenha alguma outra dúvida, pode comentar que responderei no que for possível.

  1. 9 de julho de 2018

    […] tosca publicada por uma “personalidade” interessada em reescrever um idioma. A tempo: o sufixo ISMO, na língua portuguesa em específico, não detona especificamente doença. Mas também se refere às doutrinas, práticas, filosofias e […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: