Classes de Palavras

A Gramática Tradicional separa as palavras, todas as palavras, em 10 Classes de Palavras. Na verdade, esse número não é preciso, alguns gramáticos não reconhecem as Interjeições como Classe de Palavra. Nessa divisão são juntados numa mesma relação palavras que pertencem a grupos bastante diferentes. As classes são: Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção e Interjeição.

AS CLASSES DE PALAVRAS

Não confunda Classe de Palavra com Função Sintática. A Função Sintática lida com o procedimento de decodificação dos elementos que compõem o período, seja ele simples ou composto. As Classes de Palavras são classificações baseadas mais na morfologia do que na sintaxe, mas este último quesito é levado em consideração também. A seguir, as 10 Classes de Palavras.

SUBSTANTIVO

Os substantivos podem ser divididos em Concretos e Abstratos. Também podemos diferenciar os Substantivos como Comuns, Próprios e Coletivos. Essa classe é passível de flexão de gênero e de número. Exemplos de Substantivos: Casa, Árvore, Ovo, Óculos, Camisas, Fogões, Amor, Ódio, Vento, Chuva, Anjo…

ADJETIVO

O Adjetivo atribui diversas qualidades ao Substantivo. Essas qualidades fazem com que o núcleo do sintagma nominal seja único no mundo. Geralmente os adjetivos concordam com o núcleo, geralmente um substantivo, em gênero e número (não existe nenhuma obrigatoriedade de concordância com o grau), Exemplos de Adjetivos: Bonito, Feia, Alta, Baixo, Comuns, Brasileiras, Nua, Europeia…

ARTIGO

O Artigo é uma palavra que determina o substantivo. Há dois tipos de artigos, os definidos (o, a, os, as) e os indefinidos (um, uma, uns, umas). Quando diante de outras classes de palavras, tende a substantivá-las.

NUMERAL

O Numeral é uma das classes de palavras que apresenta menos “problemas”. Sendo bem simplista, basta decorar essas palavras ou entender a lógica por trás de cada numeral. Sua aplicabilidade é bem vasta. Faz parte do conjunto de Adjuntos Adnominais, mas nada impede que assumam características pertinentes aos substantivos.

PRONOME

Essa é uma das classes de palavras categoremáticas, pois reúne unidades em número limitado e se refere a um significado léxico pela situação ou por outras palavras do contexto. De modo geral, esta referência é feita a um objeto substantivo considerando-o apenas como pessoa localizada do discurso.

VERBO

Verbos precisam passar 5 ideias ao mesmo tempo, estas informações são expressas por meio de desinências que informam Modo, Tempo, Número, Pessoa e Voz. Cada língua tem uma maneira particular de expressar essas características. No português, tempo e modo são apresentados em uma desinência só; número e pessoa, em outra desinência. já a voz é caracterizada principalmente pela organização sintática dos verbos e seus auxiliares.

ADVÉRBIO

Advérbios são palavras modificadoras. A maioria dos advérbios modificam o Verbo, mas não apenas. Expressam diversas circunstâncias adicionando significação à ação principal. Há advérbios que expressam a intensidade com a qual foi feita determinada ação, outros descrevem o modo como ocorreu um certo acontecimento etc. Veremos a seguir como são e quais são os principais advérbios em português.

PREPOSIÇÃO

A preposição não tem significado; não pode aparecer numa frase sem estar relacionada a outro termo; sempre estará integrando o termo que está posposto a ela com o que está antes da mesma. Não desempena nenhuma função sintática ou papel temático.

CONJUNÇÃO

Podemos separar as conjunções em dois grandes grupos: as Coordenativas e as Subordinativas. As conjunções coordenativas são cinco: Aditivas, Adversativas, Alternativas, Conclusivas e Explicativas. As conjunções subordinativas são dez: Causais, Consecutivas, Concessivas, Finais, Condicionais, Proporcionais, Conformativas, Temporais, Comparativas e Integrantes.

INTERJEIÇÃO

A tradição gramatical considera a Interjeição como uma palavra que exprime uma emoção. As interjeições são elementos de caráter mais afetivo da linguagem, valendo por frases inteiras. Algumas vezes têm sentido que pode variar conforme a entoação e os gestos corporais empregados. Quando fiz minha dissertação de mestrado, relacionei o uso de interjeições e locuções interjetivas que expressam desejo, no final deste artigo você pode conferir o resultado da minha pesquisa.

Redação para Vestibulares, Concursos e Enem

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.